Non con il collo torto, né con la faccia da venerdì santo si attira ad amare il Signore e alle pratiche della religione la gioventù.
Domenica, 20 Settembre 2020
2 Marzo 2011
Oblatos orionitas (PT)

Oblati orionini PT

OBLATOS ORIONITAS

Linhas de vida espiritual e apostólica

 

•  Motivos inspiradores da oblação orionita laical

  O "carisma" que o Senhor concede a um fundador, é um dom para o bem de toda a Igreja. O “carisma”Orionino envolve não somente os religiosos e as Irmãs de Dom Orione, mas também os leigos de acordo com seu próprio estado de vida. Aos leigos orionitas, João Paulo II pediu recentemente para estarem  "prontos para responder com renovado entusiasmo aos desafios da nossa época e dos anos vindouros, com o olhar sempre voltado para a figura e o exemplo do fundador, para continuar sua obra.

  Os Capítulos Gerais da Pequena Obra da Divina Providência, em 1992 e 1998, promoveram a “vocação e o papel dos leigos”. O Movimento Laical Orionita coordena o caminho comum e a formação.

Para vir ao encontro de alguns leigos que há muito tempo desejavam dar uma resposta mais generosa ao Senhor, através do ideal da  Família Orionita, em 1994, se é dado início os primeiros grupos de "oblação laical orionita."

 

•  A quem è dirigida a proposta de oblação?

A oblação orionita è destinada a pessoas que querem viver uma particular "dedicação" espiritual e apostólica, no espírito de Dom Orione. E isso de uma forma estável, em comunhão com a familia orionita e grande abertura eclesial.

A proposta de oblação è dirigida a homens e mulheres, casados e celibatários, a pessoas ligadas a grupos orionitas e a simples devotos, a jovens e adultos . Em uma palavra, no caminho da oblação podem participar todos aqueles leigos que se sentem "da familia" na Obra de Don Orione

 

•  Qual é o propósito da oblação?

O caminho da oblação se propõe a ajudar o leigo orionita a dar a toda a sua vida uma orientação de oferta a Deus e ao próximo.

A Finalidade específica é participar enquanto leigos do carisma orionita como via de santificação pessoal e de apostolado na Igreja para “levar os pequenos, os pobres, o povo à Igreja e ao Papa para instaurar todas as coisas em Cristo mediante o exercício da caridade" (Dom Orione) .

 

•  O Que è oblação?

Mesmo sem ser uma consagração no verdadeiro sentido, a oblação è uma oferta a Deus que da uma qualidade nova a toda a própria vida empenhando-a em modo generoso e fiel no amor a Deus, e no serviço à Igreja e aos pobres.

 

•  Qual é o nome dos membros?

  Simplesmente oblatos orionitas.

 

•  O oblato se empenha com qual vínculo?

O oblato se empenha com a promessa de “caridade evangelizadora” feita a Deus no grupo de oblação.

Essa oblação comporta uma obrigação moral de fidelidade aquilo que prometeu. Tal Promessa vem feita depois de um conveniente período de discernimento e de formação. O rito da promessa, será feito no contexto do grupo de oblação e da Familia orionita, com a simplicidade e a discrição que distingue a vida do oblato em todas as suas manifestações.

Com a promessa o oblato participa da comunhão espiritual e da missão da Pequena Obra da Divina Providência.

 

• Qual é a fórmula de oblação?

  Esta é a fórmula:

Para responder ao amor de Deus, Pai bondoso e Providente, atraído pelos maravilhosos exemplos de caridade de São Luís Orione, Eu……… me consagro como oblatoa na família orionita. Pretendo dedicar-me generosamente, segundo o meu estado de vida, ao serviço de Deus, da Igreja e dos pobres. Por isto faço promessa, por um ano, de viver a caridade evangelizadora segundo o espírito orionino, em busca da perfeição evangélica e colaborar, no mundo e com os meios do mundo, para “renovar todas as coisas em Cristo”. A graça de Deus e a vossa comunhão fraterna me ajudem a ser fiel. Amém.

 

•  O que é caridade evangelizadora ?

Essa consiste – explica Dom Orione – no "abrir os nossos corações e o nosso espírito a este novo apostolado: armemo-nos de caridade, de humildade, de pureza, de fé, e reuniremos na unidade da Igreja de Deus os povos... A nossa vida deve ser um ágape na qual cada um oferece ao invés de segurar. O que se pode fazer de melhor das nossas lágrimas, do nosso amor, da vida, que uma consagração a Deus e um holocausto para a felicidade dos homens? Quero ser Homen de Deus e impresso na forma de Jesus Cristo”

 

•  Qual é a missão do oblato?

A vida apostólica do oblato orionita é impressa da "estratégia da caridade" vivida e ensinada por Dom Orione : "Como salvaremos nós, os irmãos e o povo? Com a caridade! Com a caridade que unifica e instaura todas as coisas em Cristo!".

O apostolado do oblato orionita não se caracteriza, então, por qualquer tipo particular de obra ou de iniciativa, mas pela sua atitude interior e prática no viver tudo e sempre para "renovar todas as coisas em Cristo”, na Igreja, mediante a caridade. O empenho do oblato orionita, portanto, deve ser público, ao mesmo tempo que a sua oblação deve manter-se reservada.

 

•  Como viver a caridade evangelizadora?

  1.   " Como fermento escondido" de santidade e de caridade no mundo e com os meios do mundo , isto é, nas situações, nos ambientes e nas profissões comuns do leigo;
  2.   Inspirando-se nos quatro amores de Dom Orione (Cristo, Almas, Papa, Maria) o leigo orionita colaborará, quando possível, nas obras e atividades da Família orionita - para ajudar a torná-las " faróis da caridade " e " novos púlpitos do qual falar de Cristo e da Igreja " no mundo de hoje. (Dom Orione);
  3.   cultivará então a comunhão com todos os membros da Pequena Obra tornando-se construtores do espírito de família que nos distingue.
  4.   Segundo as várias possibilidades, os oblatos orionitas poderão empenhar-se na animação das particulares iniciativas sociais e pastorais, para o bem e a unidade da Igreja (amor ao Papa e aos Bispos, vida paroquial e diocesana, diálogo ecumênico com os de fora) e da sociedade (defesa dos direitos humanos, da dignidade do homem e da mulher, solidariedade e defesa dos mais fracos, fraternidade entre as diversas raças e culturas, etc.).

 

•  Qual é o empenho de vida espiritual?

A vida espiritual do oblato orionita se alimenta da oração da Igreja, segundo o estilo próprio de Dom Orione que recomendava uma oração "simples e sem sentimentalismos ", enraizada na Palavra de Deus, nos Sacramentos, na caridade. O leigo orionita procurará ter uma espiritualidade que o leve a assumir com coragem evangélica a própria responsabilidade na família, no ambiente de trabalho e na sociedade.

Esforçando-se de viver com alegria a sua união com Deus, procurará fazer de toda a sua vida um sacrifício agradável a Deus para o advento do Reino de Cristo no mundo: "O homem vale tanto quanto reza. Do nosso trabalho sobra tanto quanto é cimentado de oração " (Dom Orione).

 

•  Em particular o oblato cultivará o mais que possível:

- A Santa Missa, na qual ele oferece, junto a Cristo, a si mesmo, o próprio trabalho, as próprias alegrias, os próprios sofrimentos a Deus, para a todos edificar em Cristo: “ Instaurare omnia in Christo”.

- A oração das Laudes e Vésperas para unir-se à Igreja no louvor a Deus e santificar o tempo;

- A meditação da Palavra de Deus para evangelizar a própria vida e entrar em colóquio quotidiano com o Senhor.

- Algum retiro espiritual , possivelmente com o grupo, para favorecer o crescimento interior e reavivar o empenho da própria oblação a Deus.

É desejável que pelo menos alguns do grupo, participem dos retiros organizados para todo o MLO, com o objetivo de reforçar o senso de comun pertença à família orionita.

- Segundo a situação e possibilidades pessoais, adotar as ajudas espirituais oferecidas pela Igreja : a confissão frequente, a direção espiritual, a devoção mariana, a devoção eucarística, etc, e aqueles próprios da tradição orionita : a leitura dos escritos de Dom Orione, a oração pela fedelidade ao Papa, a oração de Don Orione etc.

 

•  Como é organizado o Grupo de oblação?

1 - É importante poder contar com um Grupo de pelo menos três membros que se empenhan com uma promessa ao Senhor. Preferivel­mente, seja um grupo-Igreja e não "de categoria", ou pelo menos possa tornar-se o quanto antes.

2 - No caminho de um Grupo, o ponto primordial é o e ncontro comunitário com frequência pelo menos mensal, a partilha fraterna de vida, oração, reflexão, experiências, etc.

3 - O Grupo tenha vida própria, se organiza em modo autônomo para ser capaz de oferecer estabilidade e comunidade no caminho de oblação dos membros. Se sirva da ajuda dos Religiosos e Irmãs de Dom Orione.

4 - O Grupo tenha um mínimo de estrutura e de dinâmica de vida : o responsável, um animador orionita (Religioso e/ou Irmã), tempo e modo de encontros, atividade, etc. Começa o próprio caminho com simplicidade e fervor. Periodicamente fazer revisão de vida do Grupo e se confrontar com o caminho dos outros Grupos de oblação orionita.

5 – A nível Provincial é coordenado por um dos Conselheiros Provinciais e a nível Geral, por um dos Conselheiros Gerais.

 

 

22 Gennaio 2011
Oblación Laical Orionita (ES)
21 Gennaio 2011
Oblati Orionini (IT)
MENU RAPIDO
Help & Feedback
Help
Frequently Asked Questions
Invia una richiesta
Informativa Privacy
Cookies
Altre lingue
Contenuti più visitati
Contattaci
Link della Congregazione
Frate Ave Maria
Figli della Divina Provvidenza
Don Orione oggi
La vita
Don Flavio Peloso
Siti amici
Piccole Suore Missionarie
Istituto Secolare Orionino
Movimento Laicale Orionino
Servizio Esperti Volontari
ENDO-FAP
Il Papa e la Santa Sede
Contatti
Come contattare la Piccola Opera nel mondo
© 2011-2016 Piccola Opera della Divina Provvidenza - Diritti Riservati Termini di utilizzo Privacy Policy by PRiNKOLab.it