Consacriamo il riposo, il silenzio della sera alla conoscenza di noi, all’amore di Dio e delle anime con la preghiera.
Venerdì, 19 Aprile 2019
11 Gennaio 2008
EQUIPE NOVOS RECURSOS (ENRis) - REGULAMENTO

EQUIPE NOVOS RECURSOS (ENRis)

REGULAMENTO

1. O ENRis é um organismo de promoção, de estudo e de atividade que tem como eu escopo a obtenação de recursos novos para as atividades apostólicas e institucionais. E' constituído pelo governo geral e provincial da Pequena Obra da Divina Providencia. (cfr CG 12, dec. 31). O ENRis é concebido como uma rede ao serviço da Congregação e usa de um e quipe central e de uma equipes provinciais.

2. Para alcançar este propósito, o ENRis desenvolve estas atividades principais:

a. a. acorda os contatos com o superior da Congregação para individualizar iniciativas e projetos de solidariedade para a qual buscar os recursos necessários de financiamento;

b. b. procurar os financiamentos junto aos organismos privados e publicos;

c. c. promover o conhecimento e do "nome" de Dom Orione e da Congregação e estimular a beneficência por trabalho de animação e coordenação nas únicas Províncias e Casas.

ENRis central

3. O ENRis central é constituído e depende da Direção Geral e tem como círculo de intervenção a área internacional e a conexão de todo o ENRis provincial.

4. E' presidido pelo economo geral (ou Delegado) que compreende um grupo de técnicos e colaboradores competentes (assalariado ou voluntário) capaz individualizar as fontes acessíveis ao financiamento junto aos orgaos públicos ou privados e elaborar os projetos necessários para a obtenção dos financiamentos para atividade da Congregação.

Suas atividades principais são:

a) manter os contatos com o superior da Direção geral e individualizar iniciativas e projetos de solidariedade para a qual buscar os recursos necessários de financiar;

b) procurar recursos econômico, junto aos orgaos públicos e privados, destinados a uma determinada área de intervenção à solidariedade;

c) elaborar projetos que sejam idoneos, na substância e na forma, para competir à aquisição dos recursos disponíveis;

d) desenvolver um serviço de conexão, de ajuda técnica e de informação entre os varios ENRis Provinciais, com relação às necessidades e as ofertas de fundos, com o propósito de criar uma otimização da informação e as ações necessárias para acessar as várias fontes de financiamento, mantendo uma visao comum entre as necessidades e as ofertas de recursos nas várias nações.

5. O ENRis central ao promover as ações para aquisição dos recursos econômicos usa, de acordo com as necessidades e oportunidade, de várias pessoas jurídicas da Congregação:

a) A Pequena Obra da Divina Providencia (direção geral);

b) as Províncias Religiosas (direção provincial);

c) outros organismos reconhecidos pela Congregação ( Fundação Don Orione, SEV Orione 84) que poderao ser utilizados no requisito de demanda para a apresentação dos projetos.

6. O ENRis central está sob a responsabilidade do Economo geral e este deve ser interessado às rotinas administrativas e econômicas de aprovação estabelecidas pelas Constituições e Normas da Congregação. Opera com a autonomia para criar contatos com os vários níveis de autoridade, estudar e promover iniciativas, mas antes de assumir um compromisso definitivo é necessario o aval do superior competente para nível local, provincial e geral.

7. O ENR central se reuna ordinariamente, trimestralmente ou o Economo geral achar oportuno. De cada reunião seja compilado um registro especial (ATA).

8. E' responsabilidade da direção geral com a apresentação do Economo geral (ou Delegou):

a) determinar as escolhas programáticas e as linhas operacionais comuns para realizar os objetivos prefixados;

b) aprovar o balancete anual;

c) avaliar e autorizar as várias iniciativas do ENRis;

d) deliberar sobre assuntos de caráter extraordinário apresentado pelos varios responsáveis do ENRis.

ENRis provincial

9. O ENRis provincial depende da Direção provincial e tem como círculo de intervenção a area geográfica relacionado a Província religiosa de afiliação e a conexão com o ENR central.

10. E' presidida pelo Economo provincial (ou Delegado) e por um grupo de técnicos o colaboradores competentes (assalariado ou voluntário) capazes de individualizar as fontes acessíveis ao financiamento junto aos orgaos públicos ou privados, e elaborar os projetos necessários para a obtenção dos financiamentos para atividade da Congregação.

11. Suas atividades principais são:

a) manter os contatos com o superior da Direção provincial e individualizar iniciativas e projetos de solidariedade para a qual buscar os recursos necessários de financiar;

b) procurar recursos econômico, junto aos orgaos públicos e privados, destinados a uma determinada área de intervenção à solidariedade;

c) elaborar projetos que sejam idoneos, na substância e na forma, para competir à aquisição dos recursos disponíveis;

d) desenvolver um serviço de conexão com o ENRis central organizando um banco de dados, manter uma coloboraçao entre os ENRis provinciais, com o propósito de criar uma otimização das informaçoes e as ações necessárias para acessar as várias fontes de financiamento, mantendo uma visao comum entre as necessidades e as ofertas de recursos nas várias nações.

12. O ENRis Provincial ao promover as ações para aquisição dos recursos econômicos usa, de acordo com as necessidades e oportunidades, da Pessoa jurídica da Provincia ou de outras autorizadas pela mesma.

13. O ENRis provinciall está sob a responsabilidade do Economo provincial e este deve ser interessado às rotinas administrativas e econômicas de aprovação estabelecidas pelas Constituições e Normas da Congregação. Opera com autonomia para criar contatos com os vários níveis de autoridade, estudar e promover iniciativas, mas antes de assumir um compromisso definitivo é necessario o aval do superior competente para nível local, provincial e geral.

14. O ENRis provincial se reuna ordinariamente, trimestralmente ou o Economo geral achar oportuno. De cada reunião seja compilado um registro especial (ATA).

15. E' responsabilidade da direção provincial com a apresentação do Economo provicial (ou Delegado):

a) determinar as escolhas programáticas e as linhas operacionais comuns para realizar os objetivos prefixados;

b) aprovar o balancete anual;

c) avaliar e autorizar as várias iniciativas do ENRis;

d) deliberar sobre assuntos de caráter extraordinário apresentado pelos varios responsáveis do ENRis.

 

21 Settembre 2011
DON ORIONE FOR MARSABIT - informazione situazione a Marsabit
11 Gennaio 2008
ZESPÓŁ DO NOWYCH ZASOBÓW (ZNS) - REGULAMIN
11 Gennaio 2008
THE REGULATIONS OF THE NEW RESOURCES TEAM (ENRris)
MENU RAPIDO Credits
Help & Feedback
Help
Frequently Asked Questions
Invia una richiesta
Informativa Privacy
Cookies
Altre lingue
Contenuti più visitati
Contattaci
Link della Congregazione
Figli della Divina Provvidenza
Don Orione oggi
Don Flavio Peloso
VATICANO: In visita alla Casa di Santa Marta, sede
La vita
Siti amici
Piccole Suore Missionarie
Istituto Secolare Orionino
Movimento Laicale Orionino
Servizio Esperti Volontari
ENDO-FAP
Il Papa e la Santa Sede
Contatti
Come contattare la Piccola Opera nel mondo
© 2011-2016 Piccola Opera della Divina Provvidenza - Diritti Riservati Termini di utilizzo Privacy Policy